Estuprador se desespera ao saber que vítima tem HIV

Um homem condenado por estuprar uma mulher foi informado que pode ter contraído o vírus HIV da vítima. Ao saber da condição da mulher, o estuprador se desesperou. O caso aconteceu em Manchester, na Inglaterra.

Richard Thomas, 27 anos, teve uma crise quando a polícia contou que a mulher que ele havia estuprado era portadora do Vírus da Imunodeficência Humana (HIV), causador da Aids. O criminoso ainda aguarda resultados de exames para saber se contraiu o vírus durante o ataque sexual.

Thomas conhecia a mulher e pensava que ela tivesse outra doença, não o HIV. Ele ficou chocado ao ser informado e levado ao hospital para fazer os exames.

O estuprador havia deixado a vítima em casa no meio da noite, em julho deste ano, após um encontro. Ele retornou momentos depois e estuprou a mulher, aproveitando-se do fato de ela ter tomado um calmante.

Segundo a polícia, o estuprador se embriagava habitualmente, além de fazer uso de cocaína e ecstasy. Thomas disse não se lembrar do estupro – ele foi condenado a cinco anos e quatro meses de prisão.

Compartilhe