Enem tem 3,1 mil grávidas; 517 podem dar ? luz durante prova

O Ministério da Educação realizou para a próxima edição do Exame
Nacional do Ensino Médio (Enem) um levantamento do número de candidatas
gestantes que farão as provas nos dias 26 e 27 de outubro. De acordo com
o balanço, 3.108 grávidas realizarão a prova, sendo que 517 podem dar ?
luz entre 20 e 31 de outubro. O levantamento ocorreu depois que uma
jovem entrou em trabalho de parto minutos antes do início das provas, em
Sidrolândia (MS). Ela ganhou a chance de fazer uma nova prova.
?Precisamos colocar um suporte para a eventualidade de ter de fazer um
novo parto?, disse o ministro.?

O MEC também detalhou como será feito o atendimento diferenciado a
outros candidatos. Um dos casos é de um participante que é surdo e cego.
Ele fará a prova em uma sala individual, com guia que tenha
conhecimento de libras tátil (no qual o examinador se comunica com o
candidato com toques na pele) e Tadoma (uma comunicação específica para
surdocegos).

Também serão disponibilizados ledores de prova para pessoas com baixa
visão, cegos (que também contarão com provas em Braille), autismo,
dislexia e déficit de atenção. Dois casos relevantes divulgados pelo MEC
foram o de um candidato que teve a mão amputada após a inscrição e de
um participante com paralisia cerebral. O candidato com a mão amputada
teve a solicitação de um transcritor atendida, para que possa anotar as
respostas ditadas pelo estudante. O participante com paralisia cerebral
só digita com o pé e não fala. Ele pediu ao MEC um teclado específico
para digitar a prova com o membro inferior. O caso está em análise.

Compartilhe