Kamyla, que publicou foto beijando marido de Scheila, já esteve presa

Uma nova informação sobre Kamyla Simioni, a mineira que publicou as fotos beijando Tony Salles, marido da ex-dançarina Scheila Carvalho, vem ? tona.

De acordo com o colunista Leo Dias, do jornal O Dia, a morena já foi presa no passado acusada de associação ao tráfico, corrupção ativa e posse de arma.

Quem auxiliou Kamyla nessa época foi o advogado Ércio Quaresma, o mesmo que ela contratou para se defender um um possível processo que estaria sendo movido por Tony Salles e Scheila Carvalho contra ela.

O advogado é tão eficiente, que na época da prisão de Kamyla ele demorou apenas 36h para tirá-la da prisão. Mais tarde, o Ministério Público absolveu Kamyla das acusações.

E falando em Scheila Carvalho, a morena assumiu nesse domingo (18) ao programa ‘Domingo Espetacular’, da Rede Record, que já sabia da traição do marido antes mesmo de entrar para o reality show ‘A Fazenda”.

“Eu não sabia da exposição e, sim, do fato ocorrido. Aconteceu tem algum tempo. Nunca expus minha vida pessoal, já passamos por vários problemas e dificuldades, mas a mídia não tem que saber disso”, disse Scheila.

Independente de tudo o que aconteceu, a ex-dançarina garante que já deu o perdão ao marido e que a vida está voltando ao normal. “Já perdoei faz tempo. Ele é um pai exemplar, um marido carinhoso e dedicado, um homem que corre atrás, nunca dependeu da mãe ou de mim. Somos uma família. Tudo que construímos, contruímos juntos. Tudo isso que falaram não é o Tony Salles”, finalizou.

Compartilhe