Repórter diz ter sido agredido por seguranças após fotografar Sasha

Um fotógrafo do jornal ?Estado de Minas? diz ter sido agredido, nesta
quinta-feira (15), durante a cobertura de um torneio de vôlei, em Belo
Horizonte, do qual participa a Sasha, filha da apresentadora Xuxa. A
jovem é atleta do Flamengo. De acordo com a Polícia Militar (PM), o
fotógrafo Gladyston Rodrigues acionou a corporação para fazer um boletim
de ocorrência.

Ao G1, Rodrigues contou que estava trabalhando, portando o
crachá do jornal, quando os homens o intimidaram, alegando que ele não
poderia registrar imagens de Sasha. ?Falaram que eu tinha que apagar [as
fotos]. Em seguida, avançaram no meu equipamento, me derrubaram no chão
e me deram pontapés?, relata. Segundo ele, a confusão foi contida por
funcionário do Minas Tênis Clube.

Ainda de acordo com o fotógrafo, apesar de não ter excluído as fotos, a
lente de seu equipamento pode ter sido danificada durante a agressão.
Rodrigues estava sendo atendido em um hospital de Belo Horizonte, porque
se queixava de dores nas costas, além de ter sofrido um pequeno corte
no dedo.

Militares da 4ª Companhia do 1º Batalhão foram até o Minas Tênis Clube,
que sedia o campeonato, e, ? s 20h40min, o registro do documento ainda
estava em andamento. Após deixar o hospital, o fotógrafo deve comparecer
a uma delegacia para concluir a ocorrência. Segundo a PM, no relato, o
fotógrafo diz ter sido agredido por dois seguranças.

Procurada, a assessoria do Flamengo, no Rio de Janeiro, informou que, por enquanto, não vai se manifestar sobre o caso. O G1 também entrou em contato com a assessoria do Minas Tênis Clube, que disse que deve divulgar uma nota nesta sexta-feira (16).

A assessoria de imprensa da Xuxa informou ao G1 que, por enquanto, não vai comentar sobre o caso.

Compartilhe