Antonio Brito solicita ? CEF financiamento de longo prazo para filantrópicos

O deputado federal Antonio Brito (PTB-BA) teve reunião hoje com o presidente da Caixa Econômica Federal, Jorge Hereda, e o diretor-executivo de Pessoa Jurídica, Roberto Derziê. Inicialmente, Brito agradeceu o apoio do banco ao setor filantrópico e parabenizou a parceria em nome da Frente Parlamentar das Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas, da qual é presidente. Essa parceria fez com que pudessem continuar funcionando ou ser reabertos os Hospitais Pro-Matre, de Juazeiro, a Santa Casa de Ilhéus e o Martagão Gesteira, em Salvador, entre outros. A CEF já disponibiliza a linha de crédito Caixa-Hospitais, através da qual as instituições têm 84 meses para pagar o empréstimo, prazo de carência de seis meses e taxas que variam de 1 a 1,5% ao mês. Até agora, o banco disponibilizou mais de R$ 2 bilhões para o setor filantrópico através dessa linha.

Mas os problemas continuam. Brito mostrou a situação difícil que o setor enfrenta e solicitou uma nova linha de crédito com prazo mais longo e maior tempo de carência, para reestruturar o setor e proporcionar capital de giro, fazendo também com que as dívidas das instituições sejam alongadas. Hoje o segmento deve cerca de R$ 15 bilhões, mais de R$ 6 bilhões com bancos. ?Uma nova linha de crédito é de fundamental importância e dará um alívio ao setor filantrópico. Mas sabemos que a solução definitiva só virá com a recomposição dos valores do SUS, resolvendo a situação financeira do setor que é responsável por 51% dos atendimentos do SUS em todo o país?, concluiu Antônio Brito.

Compartilhe