Kerry: espionagem continuará e ‘esperamos que brasileiros aceitem’

A espionagem irá continuar. Em visita ao Brasil, o secretário de
Estado norte-americano, John Kerry, afirmou nesta terça que os Estados
Unidos não vão parar com o sistema de monitoramento a cidadãos no país e
no resto do mundo, apesar da clara cobrança do ministro das Relações
Exteriores, Antonio Patriota.

“Nosso serviço de inteligência protege a nossa nação, assim como
outros povos. Continuaremos a fazê-lo”, afirmou. “Essa lei foi aprovada
sob a supervisão do Judiciário, do Executivo, ou seja, com o aval dos
três poderes”.

Além disso, Kerry pediu a compreensão dos brasileiros. “Esperamos que
entendam e aceitem”, afirmou ao lado do ministro de Relações Exteriores
brasileiro, Antônio Patriota. O chanceler, porém, mostrou que não
concorda com esse comportamento, e disse que elas precisam ser
“descontinuadas”.

Compartilhe