J. Carlos Filho defende energia solar em casa popular

A energia solar vem sendo usada, cada vez mais, nos lares brasileiros, principalmente nas habitações das classes média e alta. Fonte alternativa de energia, captada por meio de painéis solares formados por células fotovoltaicas, a energia solar pode revolucionar o projeto Minha Casa, Minha Vida. Uma indicação do vereador J. Carlos Filho (PT) ao governador Jaques Wagner sugeriu o uso da energia solar nas habitações populares deste
programa.

?A energia solar é uma realidade tecnológica usada nas novas construções. Por ser um tipo de energia renovável, inesgotável e limpa, pois não agride o meio ambiente, estou defendendo o seu uso em alta escala nas habitações do projeto Minha Casa, Minha Vida. Daí surgiu a minha indicação ao
governador Jaques Wagner?, informou o vereador J. Carlos Filho.

Conforme o vereador, ?não é pelo fato de ser construída para famílias de baixa renda que uma casa do projeto Minha Casa, Minha Vida fique ? s margens
dos avanços tecnológicos, como, por exemplo, a utilização das placas de energia solar?.

Investimento

Em muitos dos casos, a energia solar é utilizada no aquecimento d?água e no complemento da iluminação. ?Em tempos de sustentabilidade, investir em
energia solar significa aprimorar a lei?, destacou o vereador J. Carlos Filho na Indicação nº 613/13. Na mesma proposta, considerou que ?o aquecimento solar faz parte de uma política habitacional, social, energética, econômica e ambiental?.

Outro ponto salientado pelo vereador foi o barateamento do custo da energia, podendo chegar a 70%, proporcionando um retorno rápido do investimento. ?O custo para a colocação desse sistema é muito baixo em relação ao custo total da obra. Pela economia que se faz em relação ? conta de energia elétrica, em curto período de tempo, o próprio sistema já se paga?, assegurou o vereador.

Compartilhe