Velocidade da internet no Brasil é abaixo da média mundial

Uma pesquisa realizada pela rede de entrega de conteúdo Akamai em 243
países concluiu que a velocidade média de conexão ? internet no Brasil
ficou em 2,3 Mbps no primeiro trimestre de 2013, abaixo da média global,
que é 3,1 Mbps.

No ranking de velocidade na internet proposto pelo relatório “State of
the Internet”, o Brasil ocupa a 73ª colocação, perdendo para países como
Colômbia (2,8 Mbps) e Coreia do Norte (2,7 Mbps). Segundo Marcos
Feitosa, engenheiro da empresa do segmento de fibra óptica TE
Connectivity, o desenvolvimento do setor de telecomunicações no Brasil
foi prejudicado pela estatização das companhias telefônicas.

Ele aponta, contudo, que o país tem visto um avanço substancial desde
1998. “Nossas redes estavam sucateadas, os equipamentos envelhecidos, a
capilaridade não existia e só agora, depois de 15 anos, estamos
alcançando uma condição estrutural que nos permite distribuir as
comunicações como se deve”, diz.

Outros fatores podem explicar a posição do Brasil no ranking, segundo
Feitosa. Entre elas a excessiva carga tributária e o alto preço da fibra
óptica.

“As operadoras começaram a fazer sua parte construindo novas redes
ópticas e celulares. Porém, sem um profundo programa dos governos,
aliado ? iniciativa privada, ajudando a fazer com que todos tenham
acesso, será difícil”, afirma.

Mundo Afora
O “State of the Internet” mostra ainda que a velocidade média da
internet em países subdesenvolvidos segue crescendo, ainda que num ritmo
lento, o que indica mais investimento em infraestrutura. A Ásia
continua sendo o continente com a internet mais veloz, com Coreia do Sul
(14,2 Mbps), Japão (11,7 Mbps) e Hong Kong (10,9 Mbps) liderando o
ranking. 

Compartilhe