Senado aprova gratificação para servidores federais que trabalham em área fronteiriça

O plenário do Senado aprovou hoje (7) o projeto de lei que cria
indenização para policiais federais, policiais rodoviários federais,
auditores e analistas tributários da Receita Federal. De autoria do
Executivo, o projeto prevê a gratificação para os profissionais que
trabalham em áreas fronteiriças estratégicas na prevenção, no controle,
na fiscalização e na repressão de delitos.

O texto aprovado estabelece, também, que terão direito ? indenização
os fiscais federais agropecuários e fiscais do trabalho que também atuam
nessas regiões. A indenização será concedida, ainda, para os servidores
que exercem atividades de apoio ? s carreiras contempladas e integrantes
dos planos especiais de cargos. O valor da indenização foi fixada em R$
91 por dia de trabalho em delegacias, postos e unidades, que serão
definidas em ato do Poder Executivo.

O projeto visa a estimular a permanência dos servidores nas regiões
mais remotas e de menor interesse dos profissionais. Em visita ? Câmara
dos Deputados, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, disse que o
governo tem tido dificuldades em fixar os servidores nas regiões de
fronteira.

Compartilhe