ALBA: Deputado pede clemência ao Governo do Estado por água tratadas em Itiúba e Queimadas

O líder do bloco parlamentar PMDB/DEM na Assembleia Legislativa, deputado Luciano Simões, usou do pequeno expediente da sessão de hoje (6), para chamar a atenção do Governo do Estado para o problema da falta de água nos distritos de Alecrim e Espanta Gado, a 50 km de Queimadas. ?Quero pedir clemência ao governo da Bahia e a Embasa, pois neste momento o povo está morrendo de sede e sem puder dar água aos seus animais?, revelou o parlamentar.

De acordo com Luciano Simões, a  Embasa não se manifestou sobre o caso, apesar de ter sido contactada a cerca de 60 dias e os moradores da região terem realizado dois manifestos na BR-407 solicitando a abertura das comportas da barragem do distrito de Pedras Altas, que deixou de alimentar o Rio Itapicuru há mais de três meses. ?Não sei por que a Embasa não solta a água dessa barragem para abastecer mais de cinco mil pessoas que estão, praticamente, as margens do leito do rio que perenizou o açude de Pedras Altas. Apesar dos movimentos e queima de pneus, a Embasa não se posiciona e não dá uma resposta para a população?, indagou Simões.

Ainda segundo o deputado, a mesma situação vem ocorrendo no Açude de Jacurici, maior manancial de água existente e seleiro de pesca da região de Itiúba e Cansanção. Luciano Simões destacou que o açude encontra-se com uma capacidade abaixo de 6,3% do seu volume de água, deixando assim uma numerosa população de pescadores sem emprego e renda. ?Os peixes estão morrendo, a população se manifestando e a Embasa fazendo ouvido de mercador. Estamos numa situação de penúria e miséria, e a Empresa Baiana de Águas e Saneamento não dá uma posição?, contestou.

Compartilhe