Venda de carros importados cai 23%

 Abatidas pela alta do dólar e pela volta do imposto sobre produtos industrializados (IPI), as vendas de carros importados caíram 23% de janeiro a junho deste ano no Brasil, segundo levantamento da Associação Brasileira das Empresas Importadoras de Veículos Automotores (Abeiva). A entidade reúne desde marcas populares como JAC Motors até montadoras consideradas de luxo por aqui, como BMW, Audi e Land Rover.

No primeiro semestre, as associadas da Abeiva venderam cerca de 55 mil unidades, contra mais de 70 mil registradas no mesmo período de 2012. A queda nas montadoras de importados instaladas no Brasil também foi grande: 45 mil carros deixaram de ser emplacados – 14% menos, em relação ao ano anterior. ?O IPI e a alta do dólar refletem diretamente no desempenho de nossas associadas?, explica o presidente da Abeiva, Flavio Padovan.

Mesmo representando apenas 15% dos emplacamentos de carros realizados no Brasil, o mercado de importados é fundamental para a economia do País, pois instala, por aqui, marcas mundialmente reconhecidas. ?Esse mercado não contribui apenas para oferecer parâmetros importantes de tecnologia, segurança, funcionalidade e inovação no setor automotivo, mas também representa grupos econômicos que já atuam em diversos mercados mundiais?, explica.

Em busca de mais confiança

Para conter uma possível retirada de montadoras estrangeiras após o fraco desempenho no início de 2013, foram anunciadas medidas a fim de retomar a confiança de investidores internacionais no País. Na opinião de Padovan, vale a pena, sim, apostar no Brasil. ?Os governos federal e estaduais têm oferecido abertura e mostram-se receptivos ao diálogo, ajudando as empresas a entender as regras e confirmar a viabilidade de cada projeto?, afirma.

Entre os modelos mais vendidos (confira o ranking na galeria), estão a Sportage, da montadora sul-coreana Kia Motors, com 4,7 mil unidades vendidas a cerca de R$ 90 mil, e o compacto J2, da fabricante chinesa JAC Motors, com cerca de 3,5 mil unidades vendidas por, aproximadamente, R$ 35 mil. Em terceiro lugar, o modelo Série 3, da BMW, vendeu quase 3 mil unidades por R$ 130 mil no País.

Compartilhe