Camaçari: Prefeito pede empréstimo depois de devolver dinheiro ? União

Depois de ter devolvido cerca de R$800 mil ao governo federal em recursos que não foram aplicados através do Ministério da Educação, o prefeito de Camaçari, Ademar Delgado, encaminhou esta semana dois projetos ? Câmara Municipal solicitando autorização para contrair empréstimos que somam R$75 milhões. Um de R$50 milhões junto ? Caixa Econômica Federal, com o objetivo alegado de investir em mobilidade, e outro, de R$25 milhões, do BNDES, para aplicar na modernização da administração tributária e da gestão dos setores sociais básicos.

Para o líder da oposição na Câmara, vereador Antônio Elinaldo (DEM), a prática de endividar a prefeitura e, ao mesmo tempo, devolver recursos ao governo federal é antiga em Camaçari. ?O prefeito Ademar Delgado mostra que é a cópia fiel do antecessor, que encheu a prefeitura de débitos desnecessários e, demonstrando incompetência e ingerência administrativa, devolve recursos a fundo perdido do governo federal que deveriam ser investidos em Camaçari?, salientou o democrata.

O vereador afirmou que a oposição vai analisar de forma criteriosa os pedidos de empréstimo. ?Esse empréstimo mesmo para modernizar a administração tributária tem mesmo sentido? Será que se trata de algo fundamental para a população de Camaçari? Nós só vamos votar a favor daquilo que for bom para a cidade, que precisa de mais investimentos nas áreas essenciais, a exemplo da saúde e educação?.

Compartilhe