Câmara paga jantar de R$ 28 mil com fundo para urgências

Jantar chique, comida farta, oitenta convidados… e a conta paga por
todos os brasileiros. A Câmara dos Deputados gastou R$ 28,4 mil em um
jantar oferecido pelo presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves
(PMDB-RN) aos colegas de partido na última terça-feira.

As informações foram confirmadas pela própria Câmara após ser
divulgada no Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) que
registra a execução orçamentária da administração pública federal. Além
do preço salgado, o valor foi pago com o suprimento de fundos, que serve
para cobrir despesas urgentes que não podem aguardar licitação.

A assessoria da Presidência da Câmara disse que o gasto não foi
irregular, pois foi um “baixo valor” e “esporádico”, dispensando a
necessidade de contratar uma equipe fixa, mas que foi feita uma “tomada
de preços” para se chegar ao melhor custo-benefício.

Entre os convidados do banquete estavam ministros do PMDB e o vice-presidente da República, Michel Temer.

Compartilhe