Dilma Rousseff reúne-se hoje com primeiro-ministro etíope

A presidenta Dilma Rousseff chegou na manhã de hoje (24) a Adis
Abeba, capital da Etiópia, onde fica até o começo da noite de sábado.
Nesta sexta-feira, Dilma se reúne com o primeiro-ministro do país,
Hailemariam Desalegn. Os governos do Brasil e da Etiópia devem fechar
quatro acordos nas áreas de desenvolvimento agrícola, transferência de
renda, serviços aéreos, educação, ciência e tecnologia.

No sábado, Dilma participa das comemorações do aniversário de 50 anos
da União Africana, que reúne 54 países do continente. Os avanços
sociais associados ao crescimento econômico fazem do Brasil um dos
convidados de honra das celebrações. A presidenta deve discursar no
evento representando a América Latina.

O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, vai falar em nome dos
países não alinhados. Já o presidente da Comissão Europeia, José Manuel
Durão Barroso, discursará representando os europeus. O secretário de
Estado norte-americano, John Kerry, terá dez minutos para discursar.

A presidenta viaja acompanhada por uma comitiva de ministros,
empresários e assessores. Estão não comitiva os ministros Antonio
Patriota, das Relações Exteriores; Fernando Pimentel, do
Desenvolvimento, Indústria e Comércio; Luiza Bairros, da Secretaria de
Políticas da Promoção da Igualdade Racial e Aloizio Mercadante, da
Educação; além do porta-voz da Presidência, Thomas Traumann.

Criada em maio de 1963, a União Africana assumiu a função de buscar
soluções internas para os conflitos envolvendo os membros do bloco,
assim como incentivar o processo de democratização e o fortalecimento
institucional da região. O intercâmbio comercial entre Brasil e África
cresceu cinco vezes nos últimos dez anos, evoluindo de US$ 5 bilhões, em
2002, para US$ 26,5 bilhões, em 2012.

Compartilhe