SBT é condenado a pagar R$ 3 mi a ex-diretor da Globo por plágio

 Acusado de plagiar um projeto de Alberto Luchetti Neto, ex-diretor da Globo e dono da All TV, o SBT foi condenado a pagar uma ação indenizatória no valor de R$ 3 milhões, por danos morais e materiais. A decisão foi tomada em segunda instância e cabe recurso.

Em 2004, Luchetti apresentou ? emissora um formato de programa jornalístico com o nome de “Jornal-Show”, que seria feito ao vivo, com uma plateia de 30 pessoas em um cenário em forma de semicírculo, mas a proposta não foi levada adiante pela emissora.

No ano de 2008, o diretor tomou conhecimento, por meio de matéria publicada no “Folha de São Paulo”, de que a emissora colocaria no ar o jornal “Aqui Agora”, exatamente com as características propostas por ele para o “Jornal-Show”.

A partir daí, Alberto Luchetti entrou na Justiça para obter indenização por danos materiais em valor correspondente ? remuneração que receberia caso o projeto tivesse sido implementado pelo SBT.

Procurada, a emissora de Silvio Santos disse que não irá se pronunciar sobre o caso.

Compartilhe