Kiki Bispo avalia transferência da CTS para governo estadual?

A Câmara Municipal de Salvador (CMS) aprovou na tarde desta segunda-feira (13), a cessão da Companhia de Transportes de Salvador – CTS para o Governo do Estado da Bahia.

Dezenas de trabalhadores do sistema de trens do Subúrbio lotaram as galerias do plenário Cosme de Faria da CMS, e aplaudiram a decisão do Poder Legislativo.

Os vereadores das diversas bancadas acompanharam o parecer apresentado em plenário  pelo presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ),  vereador Kiki Bispo (PTN). Segundo o edil, além da legalidade no texto do projeto de lei 335/13 que transfere a responsabilidade administrativa e operacional da CTS para o governo estadual, a matéria apresenta aspecto social importante no seu teor.

“Como presidente da CCJ, coube-me analisar critérios legais, e isso o texto da matéria apresenta. Como vereador de Salvador não poderia deixar de votar pela aprovação do projeto. São chefes de família que necessitavam de amparo e resgate da dignidade. A cidade clamava pelo trens do Subúrbio Ferroviário, e a Câmara Municipal atendeu ao legítimo desejo do seu povo”, disse Kiki.

O vereador disse ainda que os trens podem contribuir para o desenvolvimento econômico de Salvador e sua região metropolitana. “A capital baiana precisa promover o equilíbrio estrutural e de serviços na região da Calçada para que a utilização do serviço ferroviário possar ser atrativo e fomentar a economia da cidade. Além disso, a região metropolitana precisa resgatar tempos onde o desenvolvimento andava nos trilhos”, finalizou.

Compartilhe