Presidente do PT não acredita em prisão de condenados

O Supremo Tribunal Federal (STF) condenou, mas o presidente do PT
discorda. Rui Falcão afirmou nesta quarta-feira que não considera a
possibilidade da prisão dos réus petistas condenados no processo do
Mensalão.

“Não estamos trabalhando com essa hipótese, porque acreditamos muito
que, ? luz dos embargos, haverá uma nova apreciação no processo”, disse
Falcão. “Como nós sustentamos desde o início, não se pode condenar
ninguém por suposições e na ausência de provas”

Entre os 11 réus condenados a penas em regime fechado estão três
filiados ao PT: José Dirceu, Delúbio Soares e João Paulo Cunha. “Para
nós, até o momento, não há nenhum condenado, porque os recursos não se
esgotaram. Portanto, não há de se cogitar de prisão de ninguém”,
concluiu.

Compartilhe