Mercado de Itapuã será demolido nesta sexta-feira

 Condenado devido a diversos problemas estruturais identificados pela Defesa Civil (Codesal), o Mercado Municipal de Itapuã será demolido nesta sexta-feira (10), a partir das 8h. O antigo prédio foi reformado pela última vez há 23 anos está totalmente desgastado pela ação do tempo e pela proximidade com o mar. Ele será substituído por uma nova estrutura ampliada e modernizada, com três pavimentos, 38 boxes e uma praça alimentação para dez restaurantes. O projeto para o novo mercado, feito pela Fundação Mário Leal Ferreira, já está pronto.

O coordenador de Feiras da Secretaria Municipal da Ordem Pública, Iuri Dias, conta que o trabalho de demolição será iniciado ? s 8h e deverá será concluído no mesmo dia.  ?O prédio tem problemas graves e corre o risco de desabamento. Por isso, a Prefeitura optou por construir uma nova estrutura para dar mais conforto e segurança para os permissionários e a população?, explicou Dias.

Segundo ele, logo depois da demolição, será lançada a licitação pública para construção do novo mercado, cujo projeto foi elaborado pela Fundação Mário Leal Ferreira. Pelo projeto, serão construídos três pavimentos que totalizam uma área de 2.275 metros quadrados. No primeiro pavimento, haverá 18 boxes que atenderão as normas vigentes de acessibilidade, atendendo idosos e pessoas com deficiência. No segundo piso serão instalados 20 boxes, dois a mais do que o primeiro. O terceiro pavimento terá uma praça de alimentação, com dez restaurantes.

Ainda com base no projeto, o mercado terá uma estrutura moderna com três conjuntos de sanitários masculinos e três femininos em cada andar, além de sala da administração, elevador e escadas de acesso, depósito, casa de gás, casa de lixo e área para carga e descarga.

De acordo com o coordenador, durante a obra, 22 dos 27 permissionários serão relocados para módulos pré-moldados que serão erguidos na Feira de Itapuã, na Avenida Dorival Caymmi. Os demais deles optaram por se estabelecer por conta própria, até o final da construção do Mercado Municipal. ?Ao longo de todo esse processo, temos conversado com os permissionários e eles estão cientes de todos os passos da obra, que, ao final, vai beneficiar a eles e a toda população?, afirmou Iuri Dias.    

Compartilhe