Número de prisões por crimes contra gestão pública aumenta 133%

Cresceu 133% no Brasil o número de presos por crimes contra a gestão
pública entre dezembro de 2008 e dezembro de 2012. Se enquadram na
categoria atos de corrupção e peculato, cometido pelo servidor que se
apropria do bem público ao exercer o cargo. O aumento do número de
prisões em função deste último foi de 220%. Hoje, 2.703 pessoas estão
presas por este motivos, mas, ainda assim, ocupam menos de 1% das celas
do país.

Os dados são do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), órgão do
Ministério da Justiça que compila dados prisionais em todo Brasil.

Compartilhe