Boston: suspeito de atentado levou tiros na cabeça e no tronco, diz laudo

Um dos suspeitos do atentado da Maratona de Boston, nos Estados
Unidos, que foi morto pela polícia no dia 19 de abril, levou tiros na
cabeça e no tronco. O resultado da autópsia do checheno Tamerlan
Tsarnaev, de 26 anos, foi divulgado nesta sexta-feira.

O irmão de Tamerlan, Dzojhar Tsarnaev, que ficou ferido na
perseguição policial, continua internado em um hospital em
Massachusetts.

De acordo com o jornal “The New York Times”, a dupla planejou
explodir as bombas no dia da Independência dos Estados Unidos, 4 de
julho, mas resolveram antecipar o atentado porque conseguiram construir
os artefatos em tempo. Mais de 200 pessoas ficaram feridas e três
morreram na ocasião.

Compartilhe