Imprensa brasileira é classificada como ‘parcialmente livre’

Um ranking que mede a liberdade de imprensa de diversos países,
realizado pela entidade internacional Freedom House, divulgado nesta
quinta-feira, colocou o Brasil na 91ª posição, tendo sua imprensa
classificada como “parcialmente livre”.

Quanto mais perto da pontuação 1, mais bem colocado está o país. No
ano passado, o Brasil obteve 44 pontos; em 2013, 46. Países
sul-americanos como Peru, Chile e Uruguai tiveram melhor colocação.
Noruega e Suécia dividiram o primeiro lugar.

A classificação é organizada por meio de três notas: influências
econômicas sobre o conteúdo da mídia, pressões políticas e controles
sobre o conteúdo da mídia e leis e regulamentos que influenciam o
conteúdo da mídia.

“O Brasil perdeu dois pontos, refletindo um aumento no número de
jornalistas que foram assassinados durante o ano, juntamente com a
influência de interesses políticos e empresariais no conteúdo da
imprensa. Ações legais contra blogueiros e companhias de internet, além
de propostas de leis sobre crimes cibernéticos, também geram ameaças
para a liberdade da expressão”, explica o relatório.

Compartilhe