Feira de Santana: Costureira é morta com tiro na cabeça ao receber vaso com flores

A costureira Josefa Barbosa de Lima, 53 anos, que residia na rua L, caminho S 29, casa 1.097 no conjunto Feira X, foi assassinada por volta das 12 horas desta terça-feira (23). A mulher, que tinha uma pequena fábrica de confecções na própria residência, estava sozinha quando foi morta.

Segundo informações de populares, um homem chegou no portão da casa com uma planta ornamental e a chamou. Josefa se dirigiu ao portão para receber o que seria um presente, no entanto recebeu um tiro que atingiu a cabeça. A costureira morreu na hora.

O crime está cercado de mistérios e segundo os vizinhos de Josefa, ela era uma mulher honesta, trabalhadora, morava com um filho em casa e estava a algum tempo separada. O homem que atirou em Josefa, provavelmente, estava em uma moto e após matá-la fugiu tomando rumo ignorado.

corpo de Josefa ficou estendido no hall da casa, o que chamou a
atenção de muitos curiosos que se acotovelavam no pequeno portão da
residência. Policiais militares da companhia 67ª estiveram no local até a
chegada das equipes da Delegacia de Homicídios (DH) e do DPT
(Departamento de Polícia Técnica).

O levantamento cadavérico foi feito pela delegada Ana Cristina
Carvalho, adjunta da delegacia. Cautelosa, ela se limitou a dizer apenas
que a mulher foi morta com um tiro de uma arma de grosso calibre, que
ela não soube precisar.

Ana Cristina conversou com familiares da vítima, mas não adiantou
informações que colheu no local do crime. Ela confirmou que o homem
realmente estava com uma planta ornamental no momento em que praticou o
crime.(AcordaCidade)

Compartilhe