AL aprova projeto que formaliza transferência do metrô

A Assembleia Legislativa aprovou, na tarde de hoje (24), o projeto de lei que transfere da Prefeitura de Salvador para o Governo do Estado, a gestão das obras e a operação do sistema do metrô da capital baiana. A proposta, aprovada por unanimidade no plenário da Casa, autoriza o Poder Executivo Estadual a receber quotas e a assumir o controle societário da Companhia de Transportes de Salvador (CTS).

Para o vice-líder da oposição, deputado Carlos Gaban (DEM), que em nome da bancada encaminhou favorável ao projeto, a transferência da gestão do metrô comprova o amadurecimento político entre os governos municipal e estadual. “Acho que a população de Salvador está agradecida pela maturidade política demonstrada entre o prefeito ACM Neto e o governador Jaques Wagner. Não podíamos ficar com o metrô parado por mais de 12 anos com a Copa do Mundo se aproximando e sem nenhuma obra de mobilidade urbana no Estado”, observou Gaban.

De acordo com o parlamentar, o fruto do bom entendimento entre os dois gestores já pôde ser visto com o Complexo Viário do Imbuí, iniciado com a construção de três viadutos sobre a Paralela, e uma via marginal, no bairro de Narandiba. “Quero parabenizar e louvar a atitude dos dois gestores, dizer que nós temos que ajudar no que for possível, porque agora, finalmente, Salvador e a Bahia terão um sistema de mobilidade urbana que atende as pessoas mais carentes que não possuem outro meio de locomoção”, acrescentou Gaban.

O Parlamentar também enalteceu a velocidade com que a Assembleia aprovou o Projeto. ?Gostaria também de parabenizar a Casa por sair ? frente. No dia seguinte a assinatura da transferência do metrô para o estado, o poder Legislativo vem aqui e dá a sua contribuição. Atos de grandeza como este enaltece o poder Legislativo e mostra de uma maneira clara e objetiva, a sintonia com o desejo da população que elegeu todos que aqui estão.?
 

Compartilhe