Tiago Correia quer órgão para combater o comércio de carne clandestina

O vereador Tiago Correia (PTN) encaminhou na manhã desta terça-feira (23) um requerimento ao prefeito ACM Neto solicitando a criação de um órgão (Serviço de Inspeção Municipal, SIM) para realizar a inspeção e fiscalização sanitária na industrialização e beneficiamento de bebidas e alimentos destinados ao consumo humano, de origem animal e/ou vegetal. De acordo com o vereador, existem 326 pequenos abatedouros de animais em Salvador, dos quais 288 são microempresas familiares.

?Há cerca de cinco anos representantes do Ministério Público, Vigilância Sanitária e Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (Adab) notificaram estes estabelecimentos porque eles não estavam em condições de funcionar sem a vistoria e liberação de um Serviço Municipal de Inspeção?, justificou o vereador no requerimento.

Segundo Tiago Correia, a implantação do SIM é importante para garantir a qualidade e padronizar os produtos ofertados, qualificar as agroindústrias locais e a mão de obra e garantir aos consumidores alimentos certificados livres de zoonoses e toxinfecções e combater o comércio de carne clandestina.

Compartilhe