Boston: suspeito afirma que guerras dos EUA causaram atentado

Dzhokhar Tsarnaev, um dos suspeitos de planejar as explosões que
mataram 3 pessoas na maratona de Boston, na semana passada, revelou aos
investigadores que, juntamente a seu irmão, queria protestar contra as
guerras dos Estados Unidos no Iraque e no Afeganistão.

O jovem de 19 anos consegue se comunicar somente por escrito e por
meio de gestos, em função de lesões na cabeça, pescoço, pernas e em uma
das mãos. Tsarnaev também contou que ele e Tamerlan agiram sozinhos, sem
influência de grupos terroristas e motivados pela causa religiosa.

Compartilhe