Morre em SP, aos 89 anos, a atriz Cleyde Yáconis

A atriz Cleyde Yáconis, de 89 anos, morreu nesta segunda-feira no
hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde estava internada desde
outubro do ano passado. Cleyde deu vida ? personagem Brígida em
“Passione”, seu último papel na televisão.

A família da atriz não permitiu que o hospital divulgasse informações
sobre seu estado de saúde no período em que ela ficou sob cuidados
médicos. Em nota, o diretor clínico do Sírio Libanês, Dr. Paulo Cesar
Ayroza Galvão, divulgou a notícia da morte ? s 21h, mas não revelou a
causa. Ainda segundo o comunicado, o corpo será velado e enterrado nesta
terça-feira no distrito de Jordanésia, no município de Cajamar, na
Região Metropolitana da capital.

Durante a novela, a veterana, que atuou no teatro, no cinema e na
televisão, ficou seis dias hospitalizada após sofrer uma queda e
fraturar o fêmur. Na época, ela foi submetida a uma cirurgia no hospital
Barra D’Or, na Zona Oeste do Rio, e liberada.

A personagem de Cleyde Yáconis na novela de Silvio de Abreu era
casada com Antero, interpretado pelo ator Leonardo Villar, e tinha uma
relação misteriosa com o motorista Diógenes, interpretado por Elias
Gleiser. Depois de “Passione”, a atriz participou da peça “Elas não
gostam de apanhar”, montagem de Nelson Rodrigues que estrou em julho de
2012. Ela completaria 90 anos em novembro.

Compartilhe