Ministros do STF: ‘Plenário deveria decidir sobre prazo do mensalão’

Marco Aurélio Mello e Ricardo Lewandowski, ministros do Supremo
Tribunal Federal (STF), afirmaram nesta terça-feira que o plenário da
Corte deveria decidir, antes mesmo da publicação do acórdão do mensalão,
se atenderá ou não ao pedido dos réus, que querem mais tempo para as
defesas recorrerem.

O acórdão detalha as decisões do julgamento, trazendo também o tempo
de pena, regime de cumprimento, além dos votos escritos dos 11
ministros. Após a publicação do documento, as defesas terão cinco dias
para recorrerem. Entretanto, advogados reclamam que o tempo é muito
curto, em função do tamanho do processo, e pedem mais 15 a 25 dias.

Compartilhe