Copom inicia hoje reunião para definir taxa básica de juros

 Brasília ? A terceira reunião deste ano do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) tem início na tarde de hoje (16). A segunda parte da reunião será realizada amanhã (17), quando o Copom irá anunciar a sua decisão sobre a taxa básica de juros, a Selic.

A mediana (que desconsidera extremos nas projeções) das expectativas de instituições financeiras consultadas pelo BC é que a Selic seja mantida no atual patamar de 7,25%, nesta reunião.

Mas os analistas esperam que o BC inicie, em maio, processo de aumento da taxa básica. No próximo mês, a previsão é que a Selic seja ajustada em 0,5 ponto percentual para 7,75% ao ano. Ao final de 2013, a taxa básica deve chegar a 8,5% ao ano, a mesma expectativa para o fim de 2014.

Apesar de a mediana das expectativas indicar manutenção da Selic na reunião deste mês, há instituições financeiras que pensam de modo diferente.

Para economistas do banco Itaú, os recentes pronunciamentos do presidente do BC, Alexandre Tombini, indicam alta na taxa básica já neste mês. Tombini tem reiterado que a instituição não é tolerante com a inflação e que está atentamente monitorando os indicadores para tomar a decisão.

Na avaliação de economistas do Itaú, no passado, quando o BC dizia que iria monitorar indicadores econômicos de perto para definir a Selic, isso era um indicativo de que haveria alta. Para os economistas do banco, deve haver aumento de 0,25 ponto percentual na Selic, na reunião do Copom desta semana.

Já para a Tendências Consultoria Econômica, a Selic só deve ser ajustada para cima depois das eleições, em outubro de 2014. Só aí, começaria o ciclo de alta, com aumento de 0,5 ponto percentual.

Compartilhe