Gurgel: ‘Condenados do Mensalão deveriam ser menos arrogantes’

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, respondeu com dureza
as críticas do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu. O petista afirmou
nesta quarta-feira que o ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal
(STF), havia prometido que iria absolvê-lo no juglamento do Mensalão.

Em resposta, Gurgel comentou que os condenados deveriam mudar a
“postura arrogante que têm mostrado nos últimos tempos”. Já o próprio
Fux declarou, através de sua assessoria de imprensa, que “Ministro do
Supremo não polemiza com réu”.

Roberto Gurgel também comentou as investigações sobre a possível
participação do ex-presidente Lula no escândalo. “Isso está no primeiro
grau e será feito com a isenção de sempre”, ele afirmou. Sua prioridade,
porém, é efetivar o que já foi determinado anteriormente. “É preciso
expedir os mandados de prisão e afastar os parlamentares que estão no
Congresso Nacional e estão condenados”.

Compartilhe