Mais 700 mil famílias serão incluídas no ‘Brasil Sem Miséria’

A presidente Dilma Rousseff deve anunciar a entrada de mais de 700
mil famílias, o equivalente a 2,5 milhões de pessoas, no programa Brasil
Sem Miséria. As famílias, que vivem em grande parte na periferia de
grandes cidades, foram identificadas em um sistema de busca ativa
desenvolvido pelo governo.

Em 2012, o programa gastou R$ 20 bilhões para tirar 19,5 milhões de
pessoas da faixa considerada pelo governo como de extrema pobreza, com
indivíduos que têm uma renda mensal de até R$ 70 por mês. Neste ano, a
previsão é de que sejam gastos R$ 23 bilhões.

Para entrar em vigor, o projeto precisa ser aprovado na proposta
orçamentária pelo Congresso. O programa é um dos principais pilares do
governo Dilma na busca pela reeleição em 2014.

Compartilhe