Rui Barbosa:Banda New Hit é julgada por estupro

A audiência de instrução e o julgamento da banda New Hit e de um
policial militar acusados de abuso sexual contra duas adolescentes
começou nesta segunda-feira (18). O estupro teria ocorrido em 2012, após
um show do grupo na cidade de Ruy Barbosa, cidade que fica a cerca de
320 km de Salvador, onde ocorre a audiência.

Por conta do julgamento, a polícia local reforçou a segurança. Grupos
de defesa dos direitos humanos, a exemplo da Marcha Mundial das
Mulheres, realizam protestos por toda a cidade desde a noite de domingo
(17) para pressionar pela condenação dos nove integrantes da banda
baiana.

A deputada Luiza Maia (PT), criadora da Lei Antibaixaria na Bahia,
também chegou um dia antes do julgamento e diz que só sai do município
com a condenação da “banda de estupradores”. A instrução e julgamento
seguem até a quarta (20), no Fórum Edgar Mendes de Quintela. O júri será
presidido pela juíza titular da comarca da cidade, Márcia Simões. A
acusação será feita pela titular da 2ª Promotoria de Justiça do
município, Jansen Melo de Oliveira.

As
jovens contam que foram ao ônibus do grupo para pedir autógrafo e lá,
teriam sido levadas para o banheiro e violentadas sexualmente por vários
integrantes. Um policial militar que fazia a segurança da banda,
supostamente evitou que outras pessoas entrassem no coletivo.

A banda chegou a ficar presa por 38 dias em Feira de Santana. O grupo
nega o crime e diz que quem manteve relações sexuais com as garotas,
praticou de forma consensual. 

Compartilhe