Mito paralímpico, Oscar Pistorius é preso sob acusação de matar a namorada

O atleta paralímpico Oscar Pistorius, vencedor de diversas provas no
atletismo da modalidade, está preso na África do Sul. Ele é acusado de
matar a namorada na cidade de Pretória.

Reeva Steenkamp, de 30 anos, foi encontrada morta no apartamento do atleta. Ela levou quatro tiros.

De
acordo com a imprensa local, Pistorius teria confundido a companheira
com um ladrão. A hipótese, entretanto, já foi descartada pela polícia.

Compartilhe