Detran-BA abordou cerca de 100 mil foliões durante o Carnaval

Este foi o primeiro ano em que o Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) contou com um posto de atendimento no circuito carnavalesco, localizado na Avenida Adhemar de Barros, Ondina. No local, foliões fizeram consultas relacionadas a veículos e habilitação, tiraram a segunda via do Certificado de Licenciamento do Veículo (CRLV) e registraram solicitações na ouvidoria do órgão.

O posto, que funcionou 24 horas/dia e atendeu mais de 200 pessoas, recebeu a visita do governador Jaques Wagner e do secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, que ressaltaram a importante iniciativa do órgão.

No quesito educação para o trânsito, o Detran-BA praticamente dobrou o número de abordagens, chegando a cerca de 100 mil. A campanha Não Misture Bebida e Direção foi um sucesso e teve ótima aceitação pelos foliões, que aprenderam noções de trânsito de forma interativa e lúdica.

A grande novidade foi a distribuição de bafômetros descartáveis, onde foliões utilizavam para detectar se havia álcool no sangue. Se o aparelho registrasse que a pessoa bebeu, esta ganhava o adesivo vermelho Cuida de Mim! Motorista Sem Condições de Dirigir. Se não tivesse ingerido álcool, era contemplada com o adesivo verde Vem Comigo! Motorista Aprovado.

Além dos camarotes, as ações aconteceram em diversos pontos da cidade, a exemplo de estacionamentos, sinaleiras e nas vias de acesso aos principais circuitos. Somente no estacionamento de São Raimundo, no Vale dos Barris, mais de dois mil veículos receberam o Se Bebeu, Pare! Não Dirija!, e nas principais sinaleiras de acesso aos circuitos foram colocadas faixas informando as punições para quem insistir em fazer essa combinação perigosa: Vai Beber e Dirigir? Um Ano Sem Carteira! e Vai Beber e Dirigir? Veículo Apreendido!.

Em relação aos trios, minitrios e carros de apoio que participaram da festa, a equipe de fiscalização e guarda de veículos do Detran-BA atuou durante todos os dias de folia, em regime de plantão, para verificar se todos os trios estavam portando o adesivo de regularização e a cartilha com o visto de todos os órgãos participantes do serviço de vistoria que aconteceu no Parque de Exposições de Salvador.

Compartilhe