Odiosvaldo alerta que composição das comissões não está sendo discutidas no colégio de líderes?

O vereador Odiosvaldo Vigas (PDT) afirma que está sabendo da composição das comissões permanentes da Câmara Municipal apenas através da imprensa. Dividindo a posição de veterano da Casa do Povo com Alfredo Mangueira, do PMDB, o pedetista está no sexto mandato consecutivo e afirma que está chateado pela forma como as definições estão acontecendo.

?Para mim não tem validade nenhum anúncio feito por alguns colegas ? imprensa, pois não estamos discutindo nada no colégio de líderes. As decisões da Câmara têm que acontecer em comum acordo entre os 43 vereadores eleitos pelo povo, pois assim, todos os partidos representados na Casa, mesmo que com apenas um parlamentar, estariam sendo consultados?.

Odiosvaldo chama atenção para partidos que têm assento na Mesa Diretora, comporão as Comissões de Comissão e Justiça (CCJ) e Orçamento e Finanças e ainda pleiteiam participação nos oito colegiados restantes. ?Por que alguns partidos com tanto e outros com nada? Nem digo com tão pouco, é com nada mesmo?, esbravejou o pedetista.

?Confesso que estou triste e vou aguardar a convocação do colégio de líderes, pois como o PDT tem apenas a mim como representante, sou, automaticamente, o líder do partido na Casa?.

Contudo, apesar do descontentamento, Odiosvaldo Vigas afirma acreditar no compromisso democrático de todos os colegas e diz que tem esperança de que a composição das comissões acontecerá exatamente como prevê o regimento interno do parlamento municipal.

?A Câmara deu 40 votos a Paulo Câmara justamente porque ele se comprometeu a defender os interesses de todos os colegas e seus respectivos partidos e garantiu que fará da nossa Casa uma Casa transparente em todos os seus atos. As decisões não podem se dar apenas através de colegas que, não sei por qual motivo, parecem estar sendo privilegiados. Não é essa a Câmara que o soteropolitano quer. Não foi ? toa que tivemos uma renovação histórica de 53% nos nossos quadros?.

Compartilhe