“Turismo baiano está a passo de caranguejo”, critica Paulo Azi

?Se já não bastasse a visível baixa ocupação da rede hoteleira, o resultado da movimentação de passageiros no aeroporto de Salvador, em 2012, confirma a ideia de que o turismo baiano está a passo de caranguejo. Só anda pra trás?, observa o presidente estadual do Democratas, Paulo Azi.

Com base em dados da Infraero, ele cita o caso do movimento de passageiros estrangeiros que caiu 17,2% no comparativo de 2012 com 2011. ?É a maior queda entre os oito maiores aeroportos do País?, ressalta.

O líder oposicionista assinala ainda que a capital baiana, que já foi o terceiro destino de turistas internacionais, depois da ascensão do PT ao governo do estado, nunca mais deixou a sexta posição. ?Em 2012, houve o menor desembarque de estrangeiros desde 2006?.

Azi lamenta que, em relação aos passageiros nacionais, em 2012, houve o registro do menor crescimento dos últimos 10 anos, interrompendo uma tendência consistente desde 2003. ?Devido ? pífia expansão de 2,4%, o aeroporto de Salvador caiu para a oitava posição quanto ? movimentação nacional, sendo superado pelo aeroporto de Viracopos, em Campinas, interior de São Paulo?.

Compartilhe