Lessa propõe formação de Comissão Especial de Inquérito para apurar terrenos públicos

Diante da suspensão de todos os processos de desapropriação na cidade, determinada pela Prefeitura de Salvador, na última quinta-feira (31.01), o vereador e 1º secretário da Câmara Municipal, Arnando Lessa (PT), propõe a criação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI), em caráter de urgência, na Casa Legislativa.

O intuito da CEI é apurar os processos de desapropriações realizados pelo município nos últimos dez anos e a situação das terras públicas nos últimos vinte anos.

A suspeita é que terrenos possam ter tido os valores superfaturados, gerando um prejuízo de R$ 341 milhões aos cofres públicos.

Considerando importante a transparência na conduta do secretário Municipal da Fazenda (Sefaz), Mauro Ricardo, Lessa também julga necessário trazer para Câmara Municipal, os detalhes da operação e seus possíveis desfechos. ?A Câmara tem que cumprir seu papel, que é investigar. O poder executivo já fez o seu, que é denunciar?, defendeu.

O vereador do PT fez questão de dizer que começará a recolher as assinaturas dos demais vereadores ainda nesta sexta-feira (01.02), quando a Câmara Municipal retoma seus trabalhos legislativos.

Compartilhe