Dois espaços de eventos irregulares são interditados pela Sucom

Na tarde desta terça-feira (29), agentes da Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom) deram continuidade ? s vistorias em espaços de eventos em Salvador, atendendo ? determinação do prefeito ACM Neto. Após as inspeções, foram contabilizadas duas interdições, duas multas e cinco notificações para estabelecimentos localizados no Rio Vermelho e na Pituba.

Dois estabelecimentos que funcionavam sem licença foram interditados por fiscais da autarquia. O espaço Whats Up, localizado na Rua Minas Gerais, na Pituba, foi autuado e notificado para regularização. Procedimentos semelhantes foram adotados em uma borracharia situada ? Rua Conselheiro Pedro Luiz, no Rio Vermelho. O estabelecimento, que funcionava também como local para shows e eventos, não tinha permissão da Sucom para desenvolver a atividade. O responsável foi notificado para regularizar o espaço, apresentar o Plano de Segurança em Situação de Pânico (PSSP), instalar proteção acústica e solicitar o alvará sonoro.

Durante a visita dos técnicos da Sucom, foi constatado também que uma borracharia não tinha permissão para seu funcionamento. O proprietário foi multado e notificado para solicitar o alvará. Durantes as vistorias realizadas no Rio Vermelho, os agentes da superintendência notificaram o The Twist Pub, na Rua João Gomes, para que apresente o PSSP. Já na Rua Conselheiro Pedro Luiz, houve duas notificações para o estabelecimento conhecido como Zen: a primeira, determinando que sejam instalados equipamentos de segurança no local (extintores, sinalizações, entre outros) e a segunda, exigindo a apresentação do PSSP.

Outras ações ? Nesta segunda-feira (28), a Sucom notificou quatro estabelecimentos que desenvolvem eventos. No Rio Vermelho a San Sebastian e a 30 Segundos foram notificadas para que providenciem as adequações no Plano de Segurança em Situação de Pânico (PSSP). Já uma borracharia foi notificada porque não tem permissão para realizar qualquer tipo de atividade sonora. Na avenida. Luis Viana Filho (Paralela), os fiscais da Sucom notificaram o responsável pelo Wet´n Wild para que atualize o PSSP do espaço.

Compartilhe