Bahia recebe embarcações do rali náutico internacional nesta quarta

A Bahia vai receber, pela terceira vez, nesta
quarta-feira (30), as primeiras embarcações do rali náutico ?World Arc?,
um dos cruzeiros mais conhecidos de volta ao mundo. O rali que acontece
de dois em dois anos, fará uma das escalas nas águas da Baía de
Todos-os-Santos.

Os velejadores começaram a travessia na ilha
caribenha de Santa Lúcia em 8 de janeiro de 2012 e estão próximos de
concluírem a meta de circunavegarem o mundo. Cerca de 20 embarcações de
45 a 61 pés, de 15 países, têm chegada prevista ao Terminal Náutico de
Bahia, entre os dias 30 de janeiro e 7 de fevereiro.

Até a
Bahia, os veleiros terão que concluir a passagem pelo Atlântico Sul,
completando uma viagem de 3.600 milhas náuticas. O destino final é o
mesmo que se iniciou, em Santa Lúcia, depois de mais de 26.000 milhas
náuticas em 15 meses velejando ao redor do mundo.

Destino preferido

A
coordenadora do ?World Arc?, a portuguesa Suzana Buraca, explica que a
Bahia é um dos destinos preferidos dos tripulantes. ?Os bons ventos
sempre nos trazem aqui. Na Baía de Todos-os-Santos, os velejadores podem
navegar e conhecer lugares como o Morro de São Paulo, Ilha de Itaparica
e Ilhéus?, disse.

Para chegarem até a Bahia, os velejadores
tiveram que cruzar os oceanos Atlântico, Pacífico e o Índico. Largando
em Santa Lúcia, a frota atravessou o Canal do Panamá, antes de explorar o
arquipélago das Galápagos e as ilhas do Pacífico.

Na rota para
Austrália, os veleiros passaram por Marquesas, Ilhas Sociedade, Tonga,
Fiji e Vanuatu. Depois de cruzar a Grande Barreira de Corais, o rali
visitou Bali, antes de atravessar o Oceano Índico, com paradas em
Christmas Island, Cocos Keeling, Maurícias e Reunião, até chegarem ?
África do Sul, com destino ao Brasil.

Após a passagem pela costa
brasileira, a frota segue para Granada, no Caribe, antes do fim da
travessia na ilha de Santa Lúcia, previsto para abril de 2013. O rali
náutico ?World Arc? tem o apoio do Governo do Estado da Bahia, por meio
da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb). Essa é a
10ª regata internacional que a Bahia recebe desde 2007.

Compartilhe