Embratur pode implementar tarifa máxima para bilhete aéreo doméstico

Uma tarifa máxima nas passagens aéreas domésticas pode ser criada
pela Embratur, uma autarquia especial do Ministério do Turismo, com o
objetivo de coibir abusos nos preços, segundo informações do jornal
“Valor Econômico”.

De acordo com o presidente da Embratur, Flávio Dino, o objetivo é
implementar essa proposta num Projeto de Lei, que pretende aumentar o
capital estrangeiro em companhia aérea brasileira de 20% para 49%. Dino
ainda acrescentou que espera que esse projeto seja votado ainda este ano
e que será dividido em duas partes.

Na primeira, o mercado aéreo brasileiro seria aberto para empresas da
América do Sul e, na segunda, todas as demais nacionalidades poderiam
investir nesse mercado. As propostas foram levadas ao ministro do
Turismo, Gastão Vieira, que vai analisá-lo em parceria com as
companhias.

Compartilhe