Governo quer retomar média de 2 mi de empregos em 2013

O secretário de Políticas Públicas de Emprego do Ministério do Trabalho, Rodolfo Torelly, afirmou que o objetivo do governo é fazer com que o Brasil volte a gerar cerca de 2 milhões de empregos formais em 2013. “O ministério espera que, com as medidas tomadas pelo governo, o patamar de geração de empregos possa voltar a 2 milhões em 2013”, afirmou, citando as desonerações da folha de pagamento e de outros tributos, incluindo as recentes medidas de barateamento do custo da energia elétrica.

Segundo Torelly, o objetivo de 2 milhões de empregos no ano também considera as vagas computadas na Relação Anual de Informações Sociais (Rais), que abrange o funcionalismo público. Levando-se em conta apenas o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), a expectativa da pasta é de cerca de 1,750 milhão de novos empregos em 2013. Dados do Caged divulgados hoje mostraram a criação de 1,301 milhão de postos formais no ano passado.

Compartilhe