ACM Neto quer empresários na recuperação de Salvador

Em um café da manhã que reuniu secretários e lideranças de diversos segmentos da cidade no salão nobre da Associação Comercial da Bahia, o prefeito ACM Neto convidou nesta segunda-feira (21) os empresários para participarem do processo de recuperação de Salvador. ?A transformação que começamos a implantar na cidade não pode ficar dependente apenas do setor público. As mudanças precisam do envolvimento de toda a cidade, até porque o prefeito, sozinho, não é super-homem?, disse ACM Neto.

Antes de iniciar a sua apresentação, o prefeito lembrou que, em outubro do ano passado, participou de um debate no mesmo salão. ?Na época, eu disse que, em caso de vitória, minhas primeiras medidas estariam relacionadas ? colocação da casa em ordem. E isso eu estou fazendo desde que tomei posse?, afirmou.

Entre as medidas já adotadas, o prefeito destacou os 40 decretos que dão mais transparência ? administração municipal, proíbem o nepotismo, reduzem gastos e determinam o contingenciamento de 25% do orçamento, com exceção em áreas prioritárias, como educação e saúde, por exemplo. ?Também iniciamos uma reestruturação administrativa para ajustar o formato do governo ? realidade da cidade?, ressaltou o prefeito. De acordo com o prefeito, a reforma administrativa que começou a ser implantada na primeira semana de administração ?não esgota o conjunto de mudanças? que ele pretende fazer em Salvador.

Ainda em sua palestra, ACM Neto disse que está aberto ao diálogo, ? negociação e ? s sugestões. ?A disputa política acabou com a eleição. Já tive alguns encontros com o governador Jaques Wagner e participei de uma audiência com a presidente Dilma e ouvi de ambos que estão muito interessados em ajudar na recuperação de Salvador.?

Otimista, ACM Neto disse que não vai ficar refém das discussões e dos problemas que herdou. ?A falência administrativo-financeira de Salvador é uma realidade, mas eu fui eleito para resolver os problemas?. Segundo o prefeito, com as medidas que pretende implantar na capital baiana, nas próximas eleições os candidatos não vão mais discutir a dependência financeira do município. ?Vamos mostrar que a prefeitura é viável e pode andar com as próprias pernas.?

Segurança jurídica – O prefeito disse, ainda, que está trabalhando para restabelecer a segurança jurídica na cidade. ?O empresário perdeu a confiança na cidade e precisamos trazer a iniciativa privada para realizar grandes projetos em Salvador.? Aos participantes do café da manhã, Neto lembrou que, na semana passada, participou de um encontro com o procurador-geral da Justiça, Wellington Lima e Silva. ?Sinto que todos querem contribuir com o desenvolvimento de Salvador e, para isso, vou trabalhar incansavelmente para resolver todos os problemas judiciais que paralisaram a cidade nos últimos anos.?

Além de ACM Neto, participaram do café da manhã o presidente da Associação Comercial, Marcos de Meirelles Fonseca, o presidente do Conselho Superior da entidade, João Sá, o presidente do Instituto Miguel Calmon, Adari Oliveira, o presidente do Fórum Empresarial e vice-presidente da Fieb (Federação das Indústrias do Estado da Bahia), Victor Ventim, o superintendente do Banco do Nordeste, Jorge Bagdêve, e os secretários Mauro Ricardo Costa (Fazenda), Alexandre Pauperio (Gestão), Guilherme Bellintani (Desenvolvimento, Turismo e Cultura) e Rosemma Maluf (Ordem Pública). Também compareceram ao evento o superintendente da Sucom, Sílvio Pinheiro, e o gestor do Escritório da Copa 2014, Isaac Edington.

Ao final do evento, o prefeito recebeu uma medalha e uma coletânea de publicações da Associação Comercial, entidade fundada em 15 de julho de 1811 por d. Marcos de Noronha e Brito, o VIII Conde dos Arcos.

Compartilhe