Edir Macedo é o pastor mais rico do Brasil, aponta ‘Forbes’

Segundo um levantamento sobre a “indústria da fé”, feito pela revista
americana “Forbes”, o bispo Edir Macedo, proprietário da Rede Record e
da Igreja Universal do Reino de Deus, é o pastor mais rico do Brasil. De
acordo com o ranking divulgado, Edir tem patrimônio de cerca de US$ 950
milhões (aproximadamente R$ 1,9 bilhão).

O segundo colocado da classificação é Valdemiro Santiago, ex-pastor
da Igreja Universal do Reino de Deus e fundador da Ingreja Mundial do
Poder de Deus. Segundo a publicação, ele acumula um patrimônio de US$
220 milhões (R$ 440 milhões).

Silas Malafaia, líder do braço brasileiro da Assembleia de Deus,
maior igreja pentecostal do Brasil, é o terceiro pastor mais rico do
país, com uma fortuna calculada em R$ 150 milhões (R$ 300 milhões) de
patrimônio.

Também ocupa posição de destaque no ranking Romildo Ribeiro Soares,
conhecido como RR Soares. O fundador da Igreja Internacional da Graça de
Deus tem US$ 125 milhões (R$ 250 milhões) e é o quarto colocado.

Fechando o Top 5 dos pastores mais ricos do Brasil, o casal Estevam
Hernandes Filho e Bispa Sonia, fundadores da Igreja Renascer em Cristo,
possuem cerca de 65 milhões de dólares (R$ 130 milhões).

A “Forbes” também destacou a queda da porcentagem de católicos no
país e o crescimento dos evangélicos. De acordo com o Censo 2010, 64 %
da população é católica. Em 1970, a porcentagem de católicos no Brasil
era de 92%. Já os evangélicos, em uma década, cresceram 15,4%, e hoje
representam 22,2% dos brasileiros (42,3 milhões de pessoas). A revista
prevê que, em 2030, os católicos representem menos de 50 % da população.

Compartilhe