PT assumirá multa de condenados pelo STF

O PT (Partido dos Trabalhadores) começa a
arrecadar recursos para o pagamento das multas aplicadas pelo STF
(Supremo Tribunal Federal) aos dirigentes do partido condenados no
julgamento do mensalão.

Uma galeteria de Brasília foi reservada a
um jantar, hoje ? noite, para 170 convidados. Os convites são divididos
em quatro categorias: R$ 100, R$ 200, R$ 500 e R$ 1 mil. O evento foi
organizado pela Juventude do PT no Distrito Federal. ?Como é do
conhecimento de todos e de todas, a Ação Penal 470 resultou, entre
outras injustiças cometidas, em uma multa milionária em desfavor de
alguns de nossos principais dirigentes?, diz o convite.

Os filiados que não poderão participar do
jantar estão sendo convidados a contribuir, com depósitos de qualquer
valor na conta do partido. O dinheiro arrecadado será entregue para o
tesoureiro do PT nacional, João Vaccari, que fará a distribuição para os
condenados.

Será o primeiro ato destinado ? arrecadação – e o terceiro de desagravo aos petistas.

Penas

O ex- ministro José Dirceu foi condenado a
10 anos e 10 meses de prisão por corrupção ativa e formação de
quadrilha e terá que pagar uma multa de R$ 676 mil.

O ex-presidente do PT José Genoino
cumprirá pena de 6 anos e 11 meses, pelos mesmos crimes, e foi multado
em R$ 468 mil. O deputado João Paulo Cunha (PT-SP) responderá por
corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro com pena de 9 anos e 4 meses e multa de R$ 370 mil.

A direção do PT ainda avalia se repassará recursos para o ex-tesoureiro da legenda Delúbio Soares, condenado por foração de quadrilha e corrupção ativa a 8 anos e 11 meses de prisão e multa fixada em R$ 325 mil.(Band).

Compartilhe