Prefeito quer rever contratos de locação e terceirização

O prefeito ACM Neto afirmou nesta terça-feira, dia 8, durante visita de trabalho ? localidade de Massaranduba, na Cidade Baixa, que o corte de 25% no orçamento vai ser linear e só não envolverá as secretárias da Saúde e da Educação. Ele citou dois tipos de contratos que estão sendo revistos ?com lupa? pela pasta da Gestão e demais secretarias: os que tem relação com despesas na locação de automóveis e na área dos terceirizados.

?Onde existe gordura, a gente vai eliminar a gordura. Quem não estiver trabalhando vai ser dispensado da prefeitura. Hoje se gasta muito com locação de veículos e terceirização de mão-de-obra. Quero gerar uma economia grande na contratação de terceirizados?, frisou o prefeito.

?Quanto mais a gente reduzir o custeio da prefeitura, mais condições teremos de melhorar os serviços essenciais, fazendo sobrar dinheiro?, acrescentou ACM Neto. O prefeito afirmou que esse início de gestão será difícil, mas que tem esperanças de que, até o fim do ano, possa melhorar as contas da prefeitura, ?quando as coisas vão acontecer com mais intensidade?.

O prefeito salientou que, apesar das dificuldades, vai continuar visitando os bairros da cidade para ouvir a população e apresentar soluções para os problemas a curto, médio e longo prazo. ?Estamos enfrentando as questões urgentes e emergenciais e traçando ações planejadas. A presença do prefeito é a garantia de que nós vamos trabalhar para mudar Salvador?.  

Compartilhe