Salvador deve receber 3,7 milhões de turistas até março

Salvador deve receber 3,7 milhões de turistas até março

Parece que o cinza e o clima frio que imperam nas cidades paulistas têm feito os moradores delas abandoná-las para sentir o calor e ver o colorido dos baianos. Segundo levantamento da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Secult), São Paulo é o estado que mais importa turistas para Salvador durante o Verão, período entre dezembro e março.

A Secult estima que 3.770.107 turistas venham à capital baiana nesta estação do ano. O dado é superior em aproximadamente 8%, quando comparado ao mesmo período do verão anterior (3.490.995 entre os meses de dezembro 2017 e março de 2018). Destes, 83,8% são brasileiros e 16,2% estrangeiros. Dos brasileiros, 60,1% são do interior da Bahia e 39,9% são de outros estados (com destaque para São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco, Minas Gerais e Sergipe, respectivamente). Dos turistas estrangeiros, a maioria vem da Argentina, França, Itália, Portugal e Alemanha.

Para Antonio Mazzafera, CEO e co-fundador do Fera Palace Hotel, primeiro hotel de luxo da Bahia, localizado na Rua Chile, a Prefeitura tem contribuído bastante para o aumento da presença de turistas em Salvador. “O trabalho da Prefeitura está fantástico. A cidade está de cara nova, limpa, bem arrumada, linda, Orla bem restaurada, obras que vão mudar o cenário do turismo na cidade”, afirma.

O empresário fundou o Fera Investimentos em 2012 com o objetivo de construir negócios lucrativos e duradouros que, afirma, beneficiem a comunidade a partir do resgate e desenvolvimento dos locais onde atua. O primeiro negócio da empresa foi comprar o tradicional e histórico Palace Hotel, fundado em 1934. Em 2017, ele foi inaugurado totalmente restaurado.

Ele diz que a ocupação do Fera Palace Hotel, importante equipamento também dentro do processo de revitalização do Centro Histórico, tem sido de 70%. Como se trata de um empreendimento de luxo, ele explica que é natural que a ocupação seja inferior à maioria de hotéis da cidade, que chega a ter a média de 90% de ocupação em períodos da alta estação (no Réveillon alcançou 95%). “Estamos confiantes, mas precisamos reforçar sempre mais o calendário de eventos de Salvador durante todo o ano, porque é preciso ter uma ocupação interessante o ano inteiro”, diz.

Já durante o Carnaval, realizado este ano de 28 de fevereiro a 6 de março, a expectativa de Mazzafera é que o Fera Palace Hotel alcance 100% de ocupação. “É nesta época que os hotéis conseguem fazer reserva para aguentar todo o resto do ano”, afirma.

New York Times – Nesta semana, Salvador foi indicada como um dos principais destinos internacionais a serem conhecidos em 2019 pela lista “52 Places to Go in 2019” (“52 Lugares para Ir em 2019”, em inglês), publicada pelo jornal The New York Times.

No artigo, também foram citados como atrativos os empreendimentos Fera Palace Hotel e recém-inaugurado Fasano Salvador, ambos com vista para a Baía de Todos-os-Santos. Antonio Mazzafera conta que viu com bons olhos a chegada de um concorrente tão próximo.

“Foi muito benéfica para o Centro (a chegada do Fasano Salvador). O Fera estava isolado, agora podemos criar um polo de sofisticação para a cidade. Nós já temos restaurante maravilhosos no entorno. Tudo isso vira um grande conjunto. Unimos forças para trazer não só o turista, mas também o baiano”.

Energia positiva – É quase uma unanimidade: quem visita Salvador fica surpreso com a “energia positiva” da capital baiana. É o que explica a turista argentina Augustina Fernandez, de 24 anos. Ela, que toca em uma banda de samba-reggae na terra dos “hermános”, sentiu logo a tal energia positiva da cidade. “Segundo ano que venho pra cá. O que eu mais gostei aqui foram as pessoas. Elas estão sempre com essa boa energia, muito amor, alegres…o Pelourinho é o melhor lugar do mundo”, acredita.

Quem também está curtindo tudo que a cidade oferece é a contadora Clara Rayane, que veio direto de Brasília para cá. “Minha curiosidade maior foi por causa da novela da Globo (“Segundo Sol”, ambientada em Salvador). Quero conhecer os lugares que passaram na novela. Quero ir ao Baile da Santinha”, conta, se referindo à festa organizada pelo pagodeiro Léo Santana.

“Um dos exemplos de como a cidade está no topo da lista dos turistas nacionais e internacionais deste verão é a forma como o Pelourinho está lotado de turistas. Eles estão por todos os cantos, lotando restaurantes, hotéis, equipamentos turísticos e fazendo a alegria dos comerciantes formais e informais. Isso significa mais emprego e renda para os soteropolitanos. E uma cidade mais alegre e sempre receptiva”, declara o secretário municipal de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco.

Compartilhe
Previous STF vai julgar casos polêmicos a partir do próximo mês
Next Governo editará medidas sobre posse de armas e fraudes na Previdência

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Moro defende delações: ‘Melhor alguém condenado do que ninguém’

Responsável pelos processos da Operação Lava Jato em primeira instância em Curitiba, o juiz federal Sergio Moro participou nesta terça-feira de uma conferência em Estoril, Portugal. Ao lado do ex-procurador

Notícias

Câmara: governo e oposição travam embate sobre PEC de eleições diretas

Governo e oposição travam um cabo de guerra na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara na manhã desta quarta-feira (24/5). Os oposicionistas querem a retomada da discussão da

Notícias

Justiça nega prisão domiciliar e Paulo Maluf segue na Papuda

O juiz substituto do Tribunal de Justiça do Distrito Federal Bruno Aielo Macacari negou nesta quarta-feira (17/01) o pedido de prisão domiciliar ao deputado federal e ex-prefeito de São Paulo,