General exonerado por Lula integra equipe de Bolsonaro

General exonerado por Lula integra equipe de Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) realizou, nesta segunda-feira (14/1), a troca da chefia da Secretaria de Assuntos Estratégicos, no Palácio do Planalto. O general Maynard Marques de Santa Rosa assumiu o cargo no lugar do cientista político Hussein Kalout. A cerimônia não foi aberta para a imprensa.

Santa Rosa integrou o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), como chefe do Departamento Geral do Pessoal do Exército, em 2010. Ele foi exonerado da função após entregar relatório com críticas à Comissão da Verdade, a qual nomeou de “comissão da calúnia”.

Estabelecida por lei, a Comissão da Verdade foi criada para investigar crimes e violações dos direitos humanos durante a ditadura militar. No documento, que foi alvo de críticas, Santa Rosa classificou como um erro entregar a busca pela verdade na mão do que ele chamou de “fanáticos”. Para ele seria o mesmo que “entregar o galinheiro aos cuidados da raposa”.

Essa não foi a primeira polêmica envolvendo as declarações do general. Em 2018, ele publicou críticas à situação política no país, chamada por ele de “esquizofrenia social”, em blog oficial do Exército.

Segundo o militar, a Constituição de 88 gerou um quadro de desordem social, econômica e política. “O bombardeio populista e ideológico, a partir da Constituinte de 1988, consolidou uma cultura de direitos sem deveres e minou o princípio da autoridade”. No texto ele cobrava ainda uma “reação antes que o faça o instinto de sobrevivência coletivo”.

Transição
O general participou de todo período de transição do governo de Michel Temer (MDB) para Bolsonaro. Ele chegou a ter o nome confirmado para chefiar o Programa de Parceria de Investimentos (PPI), mas foi nomeado para a Secretaria de Assuntos Estratégicos.

Compartilhe
Previous Receita abre consulta a restituição do Imposto de Renda de 2008 a 2018
Next Bolsonaro almoça no Ministério da Defesa

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Homem é preso suspeito de ter estuprado mulher na festa de São João em Itagibá

Foi preso na tarde desse domingo (25) no distrito de Tapiraji, município de Itagibá, um homem suspeito de ter estuprado uma mulher. A vítima informou à Polícia Militar que se

Notícias

J&F recusa acordo de leniência de R$ 11 bilhões com Ministério Público

O grupo J&F não aceitou os termos do acordo de leniência proposto pelo Ministério Público Federal (MPF), que havia condicionado o negócio ao pagamento de uma multa de R$ 11,17

Política

Rocha Loures devolve os R$ 35 mil que faltavam da “mala da propina”

O deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) avisou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que depositou em uma conta da Caixa Econômica Federal os R$ 35 mil que ficaram faltando para