Salim Mattar é nomeado secretário de Desestatização e Desinvestimento

Salim Mattar é nomeado secretário de Desestatização e Desinvestimento

O executivo José Salim Mattar Júnior, sócio e presidente do conselho da empresa Localiza, foi nomeado secretário especial de Desestatização e Desinvestimento do Ministério da Economia. A confirmação de Mattar na área, que tocará privatizações dentro da pasta de Paulo Guedes, está em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) da quinta-feira (10/11).

O documento traz nomeações em outras áreas do governo do presidente Jair Bolsonaro. Uma delas é a Comissão de Ética Pública da Casa Civil da Presidência, que terá Carlos Higino Ribeiro de Alencar como seu secretário executivo.

Há nomeações também na Secretaria-Geral, Gabinete de Segurança Institucional; Defesa; Secretaria de Governo; Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações; Advocacia-Geral da União; Agricultura; Saúde; Controladoria-Geral da União; além da Presidência.

Licenciamento
Na edição desta sexta-feira (11) do DOU, o Ministério do Meio Ambiente nomeia diretores do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), dentre eles Jonatas Souza da Trindade para a Diretoria de Licenciamento Ambiental.

Além do Meio Ambiente, o Diário Oficial desta sexta traz nomeações na AGU, Defesa e Justiça, entre outros órgãos.

Compartilhe
Previous Villas Bôas chora e recebe abraço de Bolsonaro na entrega do cargo
Next Nova fábrica de calçados da Suzana Santos vai gerar 400 empregos na cidade de Itapetinga

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Mesmo preso em Curitiba, Lula será comentarista da Copa do Mundo 2018

   O Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva será comentarista da Copa do Mundo 2018, apesar de estar preso em Curitiba, na sede da Polícia Federal (PF), condenado a 12

Economia

Por declarações, novo governo arrisca US$ 81,7 bilhões em exportações

O governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro, ainda não começou oficialmente, mas põe em risco relações comerciais do Brasil com dezenas de países apenas por declarações controversas. As ideias partem,

Notícias

A jogada de Paulinho da Força para a volta do Imposto sindical

O presidente da Força Sindical, deputado Paulo Pereira da Silva, desistiu de cobrar do presidente Michel Temer a edição de medida provisória para recriar o imposto sindical, extinto com a