Decreto sobre posse de armas fica para segunda ou terça, diz Onyx

Decreto sobre posse de armas fica para segunda ou terça, diz Onyx

Mesmo com a promessa de que seria editado ainda esta semana, o decreto que flexibiliza e amplia as situações nas quais o cidadão pode ter posse de armas vai ficar para a semana que vem. Quem repassou a informação à imprensa foi o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM).

“Na segunda-feira [14/1] ou na terça [15/1] será publicado o decreto que permite a flexibilização do porte de arma”, disse o ministro.

A medida está entre as promessas de campanha de Jair Bolsonaro (PSL). Além de Onyx, o assunto está entre os temas sob análise do ministro da Justiça e Segurança, Sérgio Moro.

O decreto diz respeito à posse de arma de fogo. No texto, de acordo com Onyx Lorenzoni, será esclarecido que se trata de “posse”, que permite ao cidadão ter a arma em casa ou no local de trabalho. Já o porte diz respeito à circulação com arma de fogo fora de casa ou do trabalho.

O presidente Jair Bolsonaro já havia dito, em entrevista ao SBT, há duas semanas, que o decreto vai tirar a “subjetividade” do Estatuto do Desarmamento. Segundo ele, uma das ideias é comprovar a efetiva necessidade com base em estatísticas de mortes por arma de fogo. Assim, moradores de locais com altos índices de mortalidade teriam mais facilidade em adquirir armas.

As declarações foram dadas ao longo da transmissão do cargo de comandante do Exército do general Villas Bôas a Edson Leal Pujol. Na ocasião, o antigo chefe das tropas chorou e recebeu um abraço de Jair Bolsonaro.

Defesa
Tanto Bolsonaro quanto seus filhos são defensores da posse de armas. Pouco antes de assumir a presidência, Bolsonaro fez uma postagem em suas redes sociais dizendo que faria um decreto flexibilizando a posse de armas.

Compartilhe
Previous Rui garante nomeação de coordenadores pedagógicos
Next Ministro do Meio Ambiente quer Brasil no Acordo de Paris

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Europa unifica regras de proteção de dados a partir de hoje

A partir de hoje (25) entra em vigor o novo conjunto de regras de proteção de dados na Europa, que se destina a reforçar a segurança de 250 milhões de

Política

Coronel pede redução de juros e créditos favoráveis para soerguer a indústria nacional

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) pediu a redução dos juros no Brasil e a concessão de crédito em condições mais favoráveis, que chamou de “menos draconianas”, como

Política

Governo parece ‘papagaio do português’, diz Paulinho da Força

Integrante da base aliada, o deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), o Paulinho da Força, afirmou nesta quarta-feira, 3, que o governo Michel Temer parece um “papagaio do português” nas