‘Nordeste tem que parar de gastar o que o Sudeste produz’, dizem rapazes em vídeo; ASSISTA

‘Nordeste tem que parar de gastar o que o Sudeste produz’, dizem rapazes em vídeo; ASSISTA

Um vídeo que circula pelas redes sociais desde a tarde dessa terça-feira (8) vem causando polêmica devido a comentários xenófobos contra as regiões Norte e Nordeste. Nas imagens, um grupo de homens comemora a vitória do presidente Jair Bolsonaro, que assumiu a presidência em 1º de janeiro. “Ele (Bolsonaro) falou que é o seguinte: agora é faca na caveira. A gente não vai mais suportar esse pessoal do Acre, de Roraima, do Norte”, afirma um dos rapazes.

Outro homem, que veste a camisa Atlético, completa: “Essa galera do Nordeste tem que parar de gastar o dinheiro que o Sudeste produz”. Em seguida o rapaz que começou o vídeo concorda: “Exatamente, a gente tá cansado de produzir e aí vai lá e mula e aí vai lá, não sei o que, não tem água…”, declara.

A gravação, que dura 30 segundos, foi associada à empresa pernambucana Dragão, fábrica de água sanitária, que atua também nos estados de Alagoas e Ceará. A descrição do vídeo diz que um dos homens que aparece nas imagens seria filho do dono da marca.

O gerente comercial da Dragão, Evyo Vieira de Melo, neto do já falecido fundador da empresa, Godofredo de Abreu e Lima, falou com a reportagem sobre o assunto. “Nossa empresa foi fundada há 70 anos pelo nosso avô e lamento profundamente que este vídeo tenha sido atribuído de maneira irresponsável a um membro da nossa família. Não conhecemos este rapaz. Produzimos em vários estados da região e repudiamos estas atitudes”.

Nas redes sociais, a Dragão esclareceu que não tem ligação com as pessoas do vídeo e repudiou as delcarações xenófobas.

Confira a nota na íntegra
Vimos esclarecer ao público, bem como aos nossos consumidores o nosso repúdio ao conteúdo veiculado no vídeo e nas mensagens que circulam nas redes sociais envolvendo o nome da marca DRAGÃO, caracterizando portanto #FAKENEWS.

Ressaltamos, contudo, que a DRAGÃO é uma empresa genuinamente NORDESTINA com muito orgulho, tendo fábricas nos estados de PERNAMBUCO, ALAGOAS E CEARÁ atuando há mais de 70 anos no mercado do Norte/Nordeste.

Lembramos ainda que o compartilhamento de #FAKENEWS é crime, previsto em lei.

Compartilhe
Previous Rui Costa entrega contenção de encosta em Praia Grande
Next Dinheiro de origem ilícita ficou limpo, diz Raquel, sobre R$ 51 milhões de Geddel

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Cotidiano

Blitz do Consumidor já vistoriou 100 agências bancárias em Salvador

A Diretoria de Ações de Proteção e Defesa do Consumidor (Codecon), vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop), já vistoriou 100 agências bancárias apenas no primeiro semestre deste ano.

Política

Haddad diz que rumo da chapa será decidido por Lula na segunda

Enquanto o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julga o registro de candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o vice na chapa petista, Fernando Haddad, disse, nesta sexta-feira (31/8), que

Política

Marcelo Odebrecht relata a Moro ‘achaque’ de Bendine

O empreiteiro Marcelo Odebrecht afirmou, em interrogatório do juiz Sérgio Moro, nesta quinta-feira, 9, ter sofrido um “achaque” do ex-presidente da Petrobras Aldemir Bendine. O ex-presidente da maior construtora do