Indicadores do mercado de trabalho fecham com estabilidade

Indicadores do mercado de trabalho fecham com estabilidade

Os dois indicadores do mercado de trabalho da Fundação Getulio Vargas (FGV) fecharam 2018 com estabilidade. Tanto o Indicador Antecedente de Emprego (Iaemp) quanto o Indicador Coincidente de Desemprego (ICD) ficaram estáveis de novembro para dezembro.

O Iaemp, que busca antecipar tendências do mercado de trabalho através de entrevistas com consumidores e com empresários da indústria e do setor de serviços, ficou em 97 pontos em uma escala de zero a 200. Apesar da estabilidade na passagem de novembro para dezembro, o indicador cresceu 2 pontos na média móvel trimestral, a segunda alta seguida.

Já o ICD, que mede a percepção dos consumidores sobre a situação atual do desemprego, ficou em 98,9 pontos, em uma escala de zero a 200 (em que quanto maior a pontuação, pior é a avaliação dos consumidores). Apesar da estabilidade de novembro para dezembro, o ICD cresceu (ou seja, piorou) pelo terceiro mês consecutivo.

Compartilhe
Previous Mostra propõe novo olhar sobre a valorização e fortalecimento do SUS em Lauro de Freitas
Next Na TV, Trump defende construção de muro na fronteira com o México

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Meirelles: nova MP sobre Refis é considerada melhor opção

Após um longo dia de negociações para a construção de um novo texto para a Medida Provisória (MP) 766, que cria um Refis para dívidas tributárias, o governo fechou um

Notícias

Festival de Fotografia do Sertão começa na próxima semana em Feira de Santana

O Clube de Fotografia de Feira de Santana realiza entre 8 e 12 de novembro, a terceira edição do Festival de Fotografia do Sertão. O evento contará com atividades diversas

Notícias

Poupança tem retirada líquida de R$ 5,2 bilhões em janeiro

Num mês tradicionalmente marcado por despesas com educação e com o pagamento de impostos, os brasileiros voltaram a sacar recursos da caderneta de poupança. Em janeiro, a retirada líquida (saques